O DeFi venceu!

Uma reflexão acerca da governança da Uniswap que decidiu a implantação da v3 na rede BNB.

Salve, web3! Seja bem vinda ao Boletim do Uai. Aqui também dou voz a devaneios filosóficos acerca desse meta-universo maravilhoso que é a web3, caso desse artigo que reflete sobre a votação emblemática da governança do unicórnio mais valioso do DeFi. Pegue o seu café e brota nos comentários para trocar ideias. Boa leitura!

🦄 🦄

Obrigado por visitar o Boletim do Uai! Subscreva para receber gratuitamente novos posts e apoiar o meu trabalho.

É possível você ter crítica ao modelo de governança da Uniswap —e considero até saudável e plausível essa crítica, mas não há como negar que a votação que decidiu a implementação da corretora descentralizada (DEX) na rede BNB representou uma vitória das finanças descentralizadas (DeFi). Eu não vou entrar no mérito do modelo de governança da Uniswap, mas recomendo você assistir ao episódio da série DAOs sem Censura feito pela Bankless Brasil que está sensacional!!! 👇🏿👇🏿

Na verdade, há uma corrida para o unicórnio avaliado em mais de US$ 1bi se instalar em outras redes além do Ethereum antes do dia da mentira. Acontece que no próximo dia 1º de Abril, a Uniswap V3 torna-se domínio público e qualquer um poderá fazer um fork do código e criar clones da DEX repetindo as mesmas funcionalidades em qualquer blockchain que possua a máquina virtual do Ethereum (EVM).

Nessa corrida, o maior venture capital (VC) da web3, que já arrecadou US$ 7,6bi para investir na inovação da tecnologia, a a16z crypto desejou que a implementação da Uniswap na rede BNB fosse operacionalizada por um dos projetos de seu portfólio, a LayerZero. Entretanto, a governança do protocolo decidiu que a bridge responsável por essa operação seria a Wormhole. E aí a a16z portou-se como aquele menino mimado que ao não ser escolhido por nenhuma das equipas, tenta acabar com o jogo.

E aqui entra a beleza da descentralização, a a16z até pode ser dona da bola com cerca de 15 milhões de tokens UNI. Porém, não há somente uma bola no jogo. Na votação decisiva sobre a implementação da Uniswap na BNB chain, a a16z assimilou uma derrota amarga ao tentar colocar os seus interesses à frente no protocolo descentralizado. Cerca de dois terços votaram favoravelmente a ida do unicórnio para a rede onde a PancakeSwap é a rainha.

A a16z quis acabar com a partida, mas os gandulas vão trabalhar na mesma. Resultado da votação que decidiu a ida à rede BNB.

Como se não fosse o suficiente, muitos destes votos que derrotaram a a16z foram pagos por ela própria. Além dos tokens que a a16z possuía, outros 40 milhões de tokens UNI na votação são oriundos de projetos que a VC investe e muitos deles votaram contra a VC. No frigir dos ovos, a a16z financiou a própria derrota na rede e o grande vitorioso desse episódio foi o DeFi. Você concorda?

Um grande viva às finanças descentralizadas!

🧡🧡

E é isso, obrigado por ler este conteúdo.

O Boletim do Uai traz textos de opinião pessoal cuja a única intenção é colaborar com o entendimento da blockchain, cripto e web3.

Não me siga que eu também estou perdido! Espero bem que você entenda que eu não faço recomendação de investimentos.

Até a próxima!

**

Atualização: esse artigo foi publicado no Cointelegraph Brasil.

Estou no twitter como @anarchychains

Loading...
highlight
Collect this post to permanently own it.
Uai so serious? logo
Subscribe to Uai so serious? and never miss a post.
  • Loading comments...