Cover photo

Marca

[Language ūüáßūüá∑ - ]

"Qual é a marca que você quer deixar no mundo?" Essa frase pode parecer meio batida hoje em dia, mas ela se alinha com o que eu quero compartilhar com você hoje.

Seja voc√™ um/a builder, aut√īnomo, um empreendedor ou empres√°rio, um dos caminhos para tentar deixar uma marca no mundo passa pelo do seu trabalho.

Ent√£o antes de entrarmos nos detalhes de como criar uma marca, literalmente, tente fazer algumas reflex√Ķes:

  • Por que quero come√ßar esse neg√≥cio, al√©m de querer ganhar dinheiro?

  • Qual √© a miss√£o e o prop√≥sito desse neg√≥cio?

  • Como voc√™ pode resolver problemas e trazer algo bom pra sociedade com esse neg√≥cio?

  • Qual √© a mensagem que voc√™ quer passar com seu neg√≥cio?

Pode ser que, se você tá começando agora, não tenha todas essas respostas, e está tudo bem. O importante é dar o primeiro passo e a partir daí, na medida que você der o seus primeiros passos na construção do seu negócio e marca, as outras respostas vão surgindo naturalmente.

Essas quest√Ķes mais pessoais que a gente carrega de forma interna s√£o muito importantes pra dar vida a um neg√≥cio com uma marca aut√™ntica.

Lembre-se, pra cada negócio tem uma pessoa física por trás, e é essa pessoa física que vai dar o start para definir o caminho e desenhar a imagem que essa marca vai passar para a sua cidade, país e até o mundo.

Mas Bedum, o que de fato é uma marca e quais benefícios eu terei em dedicar energia no desenvolvimento dela?

De forma direta, uma marca reflete a missão, propósito e apresentação visual de forma simbólica de um negócio, de seus produtos e serviços, onde são representadas por elementos, como o nome, logotipo, slogan, design, fontes de texto e cores associadas ao seu negócio.

Fazendo um mix entre o prop√≥sito, miss√£o e elementos visuais bem definidos em sua marca, ajuda a diferenciar o seu neg√≥cio da concorr√™ncia, constr√≥i uma identidade √ļnica e exclusiva, aumenta o reconhecimento da marca por sua comunidade, clientes e audi√™ncia al√©m de trazer mais confian√ßa e autenticidade.

√Č s√©rio, al√©m dos diferenciais que citei anteriormente, construir uma marca aut√™ntica ainda tem outros diferenciais, como ter mais facilidade de construir uma reputa√ß√£o s√≥lida, aumento do valor percebido dos produtos ou servi√ßos, at√© uma conex√£o emocional mais forte com sua comunidade, clientes e audi√™ncia.

Gere valor genuíno para a sociedade através do seu negócio e marca e veja coisas positivas acontecerem.

Agora, sobre a parte da definição do nome e pesquisa de disponibilidade do nome para uso legal da marca.

Pense no nome da sua marca com muita atenção ok? Leve o tempo que for, mas você precisa avaliar e pesquisar bem se o nome que você escolheu para ser a marca do seu negócio está disponível para ser utilizada no mercado.

Eu costumo fazer minhas primeiras pesquisas de disponibilidade da marca em alguns passos:

  1. Pesquiso o nome no Google

  2. Pesquiso pelo nome no Instagram, TikTok, Youtube e ūĚēŹ

  3. Pesquiso em registro de domínio com foco de disponibilidade do nome em .com, .com.br, .xyz. Eu costumo pesquisar na Hostinger.

  4. Pesquiso a disponibilidade do nome nos órgãos legais de registro de marcas e patentes do território nacional em meu negócio vai operar. No Brasil é o INPI (Instituto Nacional da Propriedade Industrial) e nos EUA é USPTO (United States Patent and Trademark Office)
    (Nessa etapa, se não conhecer do assunto, recomendo contratar uma agência de registro de marcas e patentes para te auxiliarem da melhor forma possível).

  5. De todos os passos, o passo 3 √© importante e o passo 4 √© de extrema import√Ęncia. D√™ aten√ß√£o total.

Ps. Nunca crie uma marca com o mesmo nome de uma marca que já existe, principalmente se atuar no mesmo seguimento que você pretende, pois isso pode implicar em problemas legais, jurídicos e principalmente, perda de energia e tempo dedicadas em sua marca.

Uma vez que você definiu o nome da marca (liberada legalmente), agora é hora de partir para os elementos visuais da marca.

Para criar os materiais visuais da marca, é preciso desenvolver o conjunto de elementos visuais, os mesmos que eu citei anteriormente:

- Logotipo
- Slogan
- Paleta de Cores
- Fontes de texto

Pra isso, você tem dois caminhos, um deles é você mesmo fazer por conta própria, mas precisaria dedicar tempo e força de vontade para aprender sobre design e como utilizar ferramentas como por exemplo Figma, Canva ou Adobe Photoshop.

O outro caminho, seria contratar um profissional ou agência de design que fizesse esse serviço por você. Inclusive, sou fundador da PICCE, uma agência que faz serviços digitais desde a criação de marca, edição de vídeos para Youtube até criação de sites e mais. Se precisar de algo, nosso time fica a sua disposição, ok?

Mas voltando aqui, uma vez definido e criado o nome e os elementos visuais da marca, eu quero aproveitar para apresentar pra você o Guia de Identidade Visual de Marca que eu construí para a iBEED e explicar porque eu criei o guia e porquê você deveria pensar em criar o guia da sua marca também. Vamos lá?

A ideia é simples, quanto mais definida e consistente a identidade visual da sua marca for, mais fácil de ser lembrada pela sua comunidade, clientes e audiência ela poderá ser.

Então o Guia de Identidade Visual de Marca vem para ajudar você e/ou seu time de design à sempre manter o padrão de qualidade com a logos, cores, elementos, tipografias na hora de criar os criativos de comunicação e marketing.

Mantendo essa consistência visual, como benefício à longo prazo se alinhada de profissional com o marketing, a marca pode entrar em fluxo natural de ser lembrada ou reconhecida com mais facilidade, além de reforçar o profissionalismo e economizar tempo e recursos na hora de você ou seu time fazer os criativos de marketing.

Ent√£o vem comigo entender visualmente algumas das principais p√°ginas do Guia de Identidade Visual que eu criei para a iBEED.

1. Começo pela explicação da marca nominativa com suas respectivas paleta de cores.

2. Depois faço a explicação visual da marca mista apresentando o background utilizado e a composição da logo e símbolo.

3. Indo um pouco além na marca mista, veja que apresento a logo primária da iBEED com sua paleta de cores, e em paralelo mostro também como não utilizar a logo para não fugir da identidade visual padrão.

4. Outro ponto bem interessante é a área de respiro. Essa área apresenta o espaço "vago" que a logo deve ter entre outros elementos que vão compor o criativo.

5. Além do conjunto da obra apresentado acima, as paletas de cores são peça chave na Identidade Visual da Marca, então é preciso deixar de forma bem transparente para você ou para seu time de design.






6. Em paralelo as cores, outro elemento que é bem importante dar atenção são as tipografias (fontes), utilizadas em todos os criativos de comunicação e marketing.

7. Na se√ß√£o de parceiros √© bem interessante j√° ter definido um padr√£o de banners e elementos visuais para serem utilizados sempre que acontecer uma parceria entre marcas, com an√ļncio p√ļblico.

8. Colocando o p√© na Identidade Visual de Marca na Web3, observe que todas as Cole√ß√Ķes NFTs que criamos com a carteira da oficial da ibeed.eth s√£o exclusivamente personalizadas com logo e banners, sempre mantendo um padr√£o visual.

 Para visualizar o Guia Completo da ID Visual da iBEED

https://ibeed.gitbook.io/c/ibeed-marca/kit-da-marca


Dica de ouro
E pra fechar esse artigo, depois de todo essa construção tanto interna quanto externa no desenvolvimento de uma marca, deixo aqui uma dica de ouro que pode evitar você perder todo seu trabalho e principalmente, seu tempo.

Se lá na parte que eu falei sobre a pesquisa de disponibilidade de marca, você ou uma agência de marcas e patentes apenas pesquisou a disponibilidade da marca nos órgãos INPI ou USPTO e constou que a mesma estava liberada para registro, porém você ainda não deu entrada na solicitação de registro de marca de fato, recomendo que assim que possível, solicite esse registro para proteger sua marca de forma legal.

Esse processo de solicitar o registro de marca at√© o processo passar por todas as etapas de verifica√ß√Ķes e aprova√ß√Ķes pelos fiscais do INPI ou USPTO (se tudo ocorrer bem) pode levar no m√≠nimo 12 meses pra voc√™ de fato ter o registro oficial confirmando legalmente que aquela marca √© propriedade sua ou de seu neg√≥cio.

Todo esse processo de registro de marca inicial é uma precaução, pois na medida que você fizer um ótimo trabalho e várias pessoas conhecerem o seu negócio e sua marca, como efeito colateral, infelizmente pode ter pessoas de má fé que vão tentar solicitar o registro de marca para tentar se apossar de todo seu trabalho de marca.

Brasil
INPI (Instituto Nacional da Propriedade Industrial)

EUA
USPTO (United States Patent and Trademark Office)

Ps. Procure um empresa especializada no registro de marcas e patentes estabelecida em seu país.

E por hoje era isso, espero que esse material tenha gerado valor para voc√™ e qualquer d√ļvida ou sugest√£o fique a vontade para me chamar nas minhas m√≠dias sociais, combinado?

Aprecio demais sua atenção até aqui,

Vinícius Bedum

Loading...
highlight
Collect this post to permanently own it.
viniciusbedum logo
Subscribe to viniciusbedum and never miss a post.
#web3#business#trademark
  • Loading comments...